Caught in the undertow

"Tudo que em mim não prestava era o meu tesouro".
Vanir, 19 anos.
Home /Ask/ Submit/ Archive

Antes eu fazia questão. Agora, tanto faz, ou nem faz.

“Não me leve a mal quando o meu coração tomar impulsos exagerados, quando minhas palavras saírem desgovernadas, quando eu brigar contigo por uma coisa boba. De segundo a segundo eu planejo, imagino teu sorriso, teu abraço, teu olhar ao me fitar. Muitas sensações para que eu lide sozinha, e o sentimento… esse já se tornou indescritível. Me perdoa por nem sempre fazer a coisa certa, por nem sempre te fazer sorrir quando eu deveria, perdoa essa minha falta de jeito, ou excesso dele, perdoa amor.”

Clara Brandão. (via estopins)